Arquitetura ou Design de Interiores: Qual o melhor curso?

O ramo de arquitetura e design de interiores são tão próximos que provavelmente você já deve ter se confundido com essas profissões.

É comum acontecer uma certa confusão com essas áreas de atuação já que ambas profissões possuem muitas disciplinas iguais, como a Oficina de Desenho, por exemplo, e atuam em âmbitos bem parecidos.

Porém os dois cursos são bem diferentes. A graduação em Arquitetura normalmente é mais longa e aborda conhecimentos relacionados a urbanismo e construções, por exemplo. Já o curso de Design de Interiores mantém o foco para confecção e arranjo de mobília e iluminação, por exemplo.

Por isso distinguimos quais os pontos parecidos das duas profissões e quais as diferenças entre elas para que você defina qual a melhor área para cursar.

Design de Interiores

A formação em Design de Interiores surgiu para complementar a atuação do arquiteto. O curso no Brasil é ofertado em nível médio (técnico) e superior, podendo ser tecnológico ou bacharelado.

No entanto, poucas instituições no Brasil ofertam na modalidade de bacharelado. Recentemente o Designer se popularizou no Brasil, devido à carência de profissionais na área.

Dependendo da modalidade, as instituições apresentam cursos com focos diferentes como, por exemplo, decoração e paisagismo, design de móveis e ambientes, estratégias de marketing.

O Designer de Interior leva em conta fatores como funcionalidade, estética, ergonomia e conforto, considerando os móveis, materiais de acabamento que são utilizados, iluminação, cores e texturas.

Arquitetura

Já o curso de Arquitetura é responsável pela projeção de espaços como casas, edifícios, condomínios e até bairros e cidades. Nessa área é preciso fazer vários cálculos e ter um conhecimento profundo sobre cada tipo de material utilizado e a reação deles com o meio (clima, pressão, interação com outras substâncias, etc.)

O arquiteto também se mistura com a área de engenharia civil e pode fazer mudanças estruturais em construções e acompanhar obras, por exemplo.

As duas áreas lidam com outros tipos de aspectos, como a administração, quando é solicitado orçamentos, cronogramas, prazos, por exemplo. Além de coordenar equipes envolvidas em uma obra ou projeto, que geralmente emprega outras áreas, como marceneiros, pedreiros, pintores, eletricistas.

Outro ponto que une as duas profissões é que além de ter que estar sempre atento às novidades que o mercado oferece, também precisa estabelecer uma boa rede de fornecedores.

Várias universidades públicas no País dispõem dos cursos de Arquitetura e de Design de Interiores. Você pode tentar ingressar pelo vestibular tradicional ou participar de algum programa do governo para garantir a sua graduação, como conseguir uma vaga pelo Sisu, por exemplo.

Sendo assim, é fundamental que você estude sobre ambas profissões e confira a grade curricular das instituições que ofertam esses cursos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *